Entrevista com Paola Bertella

Há algum tempo tenho acompanhado o trabalho de uma scrapper italiana. Vivo namorando seus projetos, as cores, as criações, as combinações soam perfeitas pra mim. Em uma de nossas conversas fiz um convite pra ela, queria que ela respondesse algumas perguntinhas sobre ela e para a minha alegria ela aceitou com muita simpatia e generosidade.
Estarei compartilhando com vocês um pouquinho sobre o scrapbooking fora do Brasil. Hoje, entrevisto Paola Bertella, scrapper italiana. Paola Bertella por Paola Bertella:
Olá! Tenho 43 anos, sou italiana, casada há 19 anos e tenho duas filhas adolescentes. Trabalho com Marketing em uma empresa de informática e sou formada em Matemática. Vivo em Parma há 10 anos mas nasci e cresci em Génova e continuo amando o mar e o sol. Minha rotina com o trabalho e a família reduz o tempo que tenho para fazer scrapbooking mas nos últimos anos, tenho um espaço separado que me permite dar aulas de scrapbooking e participar de feiras e eventos do setor.
Há quanto tempo você faz scrap? Como você começou?
Faço scrapbooking desde 2002. Sempre tive uma paixão por fotografias, então quando uma querida amiga me falou sobre essa técnica que veio da América... Foi amor a primeira vista! Conheci através da Internet outras scrappers (poucas na época) e mantive contatos através de um grupo do yahoo. Algum tempo depois veio a Associação de Scrapbooking da Itália (ASI), do qual faço parte até hoje.

Você tem alguma preferência por estilos ou cores? Quais
Eu adoro papel! Gosto de tocar e sentir seu perfume. Certamente o material que mais gosto é o papel. Eu gosto de rasgar, amassar, sujar e de colocar muitas camadas de papéis com a intenção de criar efeitos particulares. Eu não gosto do estilo free mas as vezes eu uso para experimentar materiais que não são tipicamente para scrapbooking. Eu não tenho um estilo bem definido mas sempre dou uma estrutura gráfica em minhas páginas, dando importância ao que vejo e ao espaço da disposição (estética).

Qual a sua técnica preferida?
Dado que eu gosto muito de técnicas de encadernações e cartonagem, amo fazer personalizações em chipboards com selos, rub-ons, acrílicos e glitter. Dessa maneira, costumo usar muitas técnicas diferentes.

O que não pode faltar em seus projetos?
Fotos... são as protagonistas indiscutíveis das minhas páginas. Todos os elementos que uso em um projeto estão relacionados com as recordações que as fotos me trazem.

Qual é a sua fonte de inspiração? Como você cria?
Para um layout a fotografia é a minha fonte de inspiração. Para um projeto normalmente me inspiro em algum objeto que vejo em casa ou no escritório e tento “imaginar” um projeto de scrap. Quanto aos gráficos, procuro seguir esboços e vejo anúncios nos jornais. Gosto de criar na tranqüilidade do meu scraproom, geralmente no caos total e só. Gosto muito de fazer scrap na companhia de amigos e alunos também!

Qual projeto você mais gostou de fazer?
Normalmente o projeto que mais gosto é o último que fiz! Este mini-álbum que eu fiz no ano passado eu gosto muito porque reúne todas as fotos das minhas duas filhas, desde que nasceram até os tempos atuais.

Como você se atualiza?
Leio revistas americanas e francesas (na Itália não tem), tenho uma lista de blogs que acompanho assiduamente, especialmente blogs de fabricantes de produtos para scrapbook que são sempre uma fonte de inspiração. Participo de reuniões e exposições internacionais de indústrias no setor. Colaboro com uma empresa, a Hobby Di Carta e participo de dois times criativos (Hobby di Carta e Scrappando Carta e Ricordi ). Troco idéias com minhas colegas do time criativo sobre novas idéias e técnicas também.

Quais os livros e sites preferidos?
A Galeria Two Peas foi minha primeira fonte de inspiração. Uma revista que eu particularmente amo é a Scrapbook Trends, sobre livros, acho que os mais completos são os livros da designer Ali Edwards porque dedicam muita atenção não só para os projetos e as técnicas mas também para o diário e a história.

Quais marcas de produtos você mais gosta de usar?
Depende do período, amo tanto os papéis coloridos e vivos (Ex: Pink Paislee , My mind’s eye ou American Crafts) quanto os papéis neutros e elegantes (Ex: Jenny Bowlin e Teresa Collins mas devo dizer que tenho papéis com cores e marcas diversas e uso todos.

No Brasil, o mercado para scrapbooking está crescendo, como está o scrapbooking na Itália? Você encontra os produtos facilmente? Existem muitas scrappers?
Quando eu comeccei a fazer scrap há sete anos atrás, éramos menos de 50 scrappers. Nos últimos anos a técnica se propagou graças as poucas empresas que investem neste hobby, as feiras, associações e revendedores do setor. Ultimamente estão sendo organizados grandes eventos de scrapbooking, tais como o Crociera Scrap e o Paper And Co. Show que é um grande evento francês que tem dois anos a partir da versão em Inglês. Na Itália ainda é essencial comprar material de scrapbooking pela Internet pois é mais fácil comprar e não tem problemas com a distância. Cada lugar tem uma scrapper ou equipes de scrappers e devo dizer que na Itália existem grandes scrappers.

O que você acha do scrapbooking no Brasil? Você já viu trabalhos de scrappers brasileiras?
Uma das scrappers do time criativo da Hobby Carta é brasileira e ela tem uma ótima técnica. Graças a ela tivemos a oportunidade de aprender mais sobre a realidade do scrapbooking no Brasil.

Uma dica para quem está começando a cortar papéis coloridos...
Não compre indiscriminadamente todas as ferramentas e materiais. Para começar apenas um bom cortador (se refere a tesoura ou estilete), uma base de corte, cortadores e papéis coloridos.
Dica: Tenha um cotonete para sombrear as bordas do papel, um pouco de adesivos 3D e enfeites que você irá usar. Sempre escreva em diários porque as palavras continuam fixadas para a memória.

Da minha janela...
Agora eu vivo em uma cidade pequena na planície do país mas o local onde nasci é próximo do mar e freqüentemente eu retorno a minha cidade Natal onde eu tenho um pequeno flat. Esta é a paisagem que eu posso ver da minha janela.

Algumas palavras para os brasileiros...

Um dos meus sonhos é fazer uma viagem ao Brasil e tirar centenas de fotos! O Brasil deve ser maravilhoso!

Mensagem para Carol – Sorelinha

Carol, se um dia você vier visitar a Itália, eu ficaria muito feliz de saber e de poder te receber como minha convidada. Meus queridos amigos que tenho conhecido através de recados (Internet). O scrapbooking é um hobby que aproxima as pessoas. Obrigada pela oportunidade que me deram e parabéns novamente pelo seu site e seu blog (que agora está em meus favoritos)

Contato: Paola Bertella
http://scrapandbooking.blogspot.com/

Entrevista por Caroline Soreli Salesi. Pode haver alguma diferença na tradução do italiano para o português pois os termos usados em scrapbooking na Itália possuem nomeações diferentes.

-------------------------------------------------------------------

Abaixo, a entrevista original em italiano:

Paola Bertella racconta Paola Bertella:
Ciao a tutti! Ho 43 anni, sono Italiana, sono sposata da 19 anni e ho 2 figlie adolescenti. Lavoro nell'ufficio Marketing di una ditta di informatica e ho una laurea in Matematica. Da 10 anni vivo a Parma, ma sono nata e cresciuta a Genova e continuo ad amare il mare e il sole. Il lavoro e la famiglia mi lasciano poco tempo per lo scrapbooking, ma in questi anni mi sono ritagliata un mio spazio che mi permette di anche di insegnare Scrapbooking e partecipare a fiere e meeting di settore.

Da quanto tempo pratichi lo scrapbooking? Come hai iniziato?
Pratico lo scrapbooking dal 2002: ho sempre avuto la passione per la fotografia, quindi quando una mia carissima amica mi parlò di questo Hobby che veniva dall'America ... è stato amore a prima vista! Poi tramite internet ho conosciuto altre scrappers (allora molto poche) italiane che si tenevano in contatto tramite una mailing list di yahoo e qualche tempo dopo è arrivata l'Associazione Scrapbooking Italia (ASI) della quale faccio ancora parte.

Hai preferenze per un particolare stile o colore? quale?
Adoro la carta, la tocco e ne sento il profumo. Pertanto la carta è sicuramente il materiale che preferisco: mi piace strapparla, stropicciarla, sporcarla e sovrapporla ottenendo accostamenti ed effetti particolari. Non amo paqrticolarmente il free style, ma ogni tanto mi lascio andare a "sperimentare" l'uso di materiali insoliti e non tipicamente scrap.
Non ho uno stile definito, anche se tendo a dare sempre un' impostazione grafica alle mie pagine, dando importanza al colpo d'occhio e a utilizzare tutto lo spazio a mia disposizione.

Qual'è la tua tecnica preferita?
Visto che amo molto anche il cartone e il cartonaggio, nello scrap amo utilizzare e personalizzare le Chipboard con timbri, rub-on, acrilici e glitter, in questo modo utilizzo molte tecniche diverse.

Cosa non può mai mancare nei tuoi lavori di scrapbooking?
Le Fotografie... sono le protagoniste indiscusse delle mie pagine... tutti gli elementi della pagina sono sempre di contorno alla foto e al ricordo che mi evoca.

Quale è la tua fonte di ispirazione? Come crei?
Per i layout le fotografie sono la fonte di ispirazione.. per i progetti solitamente cerco di ispirarmi a oggetti di utilità che vedo in casa o in ufficio e che io "immagino" poi come progetto scrap...
Per quanto riguarda l'impostazione grafica seguo molto gli sketch e le pubblicità che vedo sui giornali.
Preferisco creare nella tranquillità della mia scraproom, solitamente nel caos più totale e da sola! Ma mi piace molto anche scrappare in compagnia con amiche e con le allieve!

Quale è un tuo progetto che ami particolarmente?

Di solito il progetto che preferisco è sempre... l'ultimo che ho realizzato!Ma questo minialbum nella sctola anche se è dello scorso anno mi piace particolarmente perchè raccoglie tutte le foto delle mie due ragazze da quando sono nate fino ad oggi!

Come ti aggiorni?
Leggo le riviste americane e francesi (in Italia non ce ne sono), ho una lista di blog che seguo assiduamente, soprattutto i blog dei produttori di materiali per scrapbooking che sono sempre fonte di ispirazione, partecipo a meeting internazionali e fiere di settore, collaboro con un'azienda Italiana, la Hobby di Carta che produce e rivende materiale per scrapbooking, faccio parte di due design team (Hobby di Carta e Scrappando Carta e Ricordi) e il confronto con le mie colleghe di team mi arrichisce sempre molto come idee e nuove tecniche.

Quali sono i tuoi siti e libri preferiti?
La Gallery di Two peas in a Bucket è stata la mia prima fonte di ispirazione! Come rivista amo particolarmente Scrapbook Trends, come libri tendenzialmente trovo che quelli di Ali Edwards siano i più completi perchè dedicano molta attenzione non solo ai progetti e alle tecniche, ma anche al journaling e alla storia.

Quali marche di prodotti ami usare?
Vado molto a periodi, amo sia le carte colorate e vivaci (es: Pink Paislee or My Mind's Eye o American craft), sia le carte più neutre e eleganti (tipo Jenny Bowlin e Teresa Collins), ma devo dire che ho carte e marche di ogni tipo e riesco ad usare proprio tutte!


Lo scrapbooking sta crescendo in Barsile, anche in Italia? Trovi facilmente i prodotti? Ci sono molte designers?
Quando iniziai a scrappare 7 anni fa eravamo meno di 50 in Italia... in questi ultimi anni lo scrap si è diffuso molto grazie a alcune aziende italiane che hanno investito su quasto hobby, grazie alle Associazioni di settore e grazie alle fiere di hobbistica dove da qualche anno trovi i rivenditori di scrapbooking. Ultimamente poi vengono organizzati in Italia importanti eventi di Scrapbooking come la Crociera Scrap (della quale sono una delle insegnanti) e il Paper And Co show, un grande evento francese che da due anni ha una sua versione italiana. In Italia il materiale di scrapbooking si compra ancora essenzialemente su internet perchè è più facile comprare senza problemi di distanza. Ogni sito italiano ha le sue designer e i suoi design team, e devo dire che in italia ci sono molte bravissime scrappers!

Cosa pensi dello scrapbboking in Brasile? Hai mai visto lavori di Scrappers Brasiliane?
Una delle Designer del Team di Hobby di Carta è brasiliana ed è una bravissima scrapper! Grazie a lei abbiamo potuto conoscere meglio la realtà brasiliana dello scrapbooking!

Un trucco per quelle che stanno cominciando a ritagliare carta colorata...
Non comprate subito indiscriminatamente ogni genere di strumento e materiale scrap! Per iniziare basta veramente una buona taglierina, un tappettino da taglio, il cutter e carta colorata! Consiglio anche un tampone per sporcare i bordi della carta e un po' di biadesivo spessorato per dare tridimensionalità ai ritagli e agli abbellimenti che userete. E scrivete sempre il journaling perchè le parole restano per fissare il ricordo!

Dalla mia finestra...
Ora io vivo in campagna, ma davanti ai miei occhi c'è sempre e solo il mio mare che ho lasciato in liguria e dove mi reco ogni volta che posso! Ecco la vista dalle mie finestre al mare!

Alcune parole per le brasiliane...
Uno dei miei sogni è riuscire a fare un viaggio nel vostro paese per poter scattare centinaia di foto! Il Brasile deve essere stupendo!

Message to Carol - Sorelinha:
Ovviamente se Carol dovesse trovarsi nella condizione di venire in Italia, mi farebbe molto piacere poterla conoscere e averla mia ospite! Le mie più care amiche le ho conosciute grazie allo scrap! Lo scrapbooking è un hobby che avvicina molto le persone. Grazie mille per l'opportunità che mi hai dato e complimenti ancora per il tuo sito e il tuo blog (che ovviamente ora è tra i miei preferiti!
Se volete contattarmi il mio blog è scrapandbooking.blogspot.com

12 comentários:

Silvana Franco disse...

Carol! Adorei a entrevista! Brigadão! Já deixei um recadinho no blog da Paola!
Bjs

Tassiana Mukai disse...

Oi Carol!!!! A entrevista ficou ótima, parabéns!!!
A única coisa que fiquei cuirosa é que a imagem que ela ve da janela dela não abre pra mim :(
Bjs

Cris Oliveira... disse...

Adoreiiiii a entrevista, Carol. Brigadaaa. Vou lá deixar recadinho para ela.
beijaoo
Cris

Nathália Neves disse...

Amei a entrevista, Carol... Obrigada!!!
Agora vou lá no blog dela! ;)
Beijinhos

Paula Lopes disse...

Carol, tb adorei a entrevista e vou correndo lá no blog da Paola pra conhecer o trabalho dela... obrigada por nos ceder esta entrevista.

Babi disse...

Uau Carol!
Amei a entrevista!!! Arrasou!
Vou conhecer o blog dela agora!
Beijo enooooorme!
Babi

Paola disse...

thanks girls! I'm so happy for your visits and comment! Thank you for having read my interview! And thanks to Carol that has been so kind! Kiss PAO

sabrina disse...

Un bacio a tutte le brasiliane che seguono Paola!

Giulia disse...

Un "hip hip hurrà" per la nostra Pao!!! :D

Loredana disse...

grandeeeee paoooooo sei l'orgogliooo italianoooooo ed il mioooo!!! Sei troppo troppo brava!

Grazia disse...

GRANDE PAOLA!!!!

Grazia disse...

GRANDE PAOLA!!!