Escolhendo papéis...

Escolher entre um papel e outro sempre foi uma tarefa difícil para a grande maioria das scrappers. Outra grande maioria da mesma maioria sofre do que eu chamo de papelzite, uma doença crônica que faz a pessoa ter dó de usar os papéis decorados. A primeira tarefa é mais fácil driblar, existem alguns truques que com o tempo vão ficando automático em nossas cabeças, agora sobre a doença, sinto informar que as vezes não tem cura!
Para escolher os papéis que vou usar em meus projetos, se for usar fotos dou uma olhada rápida nas fotos e defino as cores que vou querer trabalhar. Uso uma regrinha de 3 para confeccionar qualquer coisa. Para fazer uma página de scrap por exemplo, escolho sempre 3 papéis que combinem entre si levando em consideração as cores que escolhi usar. Parece estranho escolher os papéis mesmo sem ter em mente o projeto que será feito mas esta regrinha ajuda demais na hora da criação. Abaixo vou colocar a foto de 3 papéis que combinem entre si para ficar mais claro minha dica:
Convido você a fazer o teste da regrinha dos 3 papéis, depois me conta se facilitou a sua vida... Sobre a doença papelzite, testa ir cortando aos poucos, cada dia um pouquinho... tenho certeza que se não melhorar vai aliviar bastante a doença rsrsrs.
Tenham uma ótima semana!
Beijos da Carol!

5 comentários:

Ma Moreira disse...

Esse post me fez olha minha dura realidade... sofro de papelzite!
Óh mundo cruel!! rsrs
Por outro lado sua preocupação com a maioria q sofre desse disturbio com certeza foi uma luz no fim do túnel, e agora vou para luz. hehehehe
Brincadeiras a parte mto boa a dica, vou usar de doses homeopaticas, acho q assim chego a cura.
Bjks

Cari disse...

Eu tb uso a regrinha de 3 papéis! Não sei pq faço isso... não sei se li em algum lugar... mas faço!!! kkkkkkkk Agora difícil é combiná-los, principalmente quando são estampados! Ainda sofro com isso e acabo usando um liso, o q nem sempre me agrada.

E quanto à papelzite, eu tenho essa doença mas já melhorei bastante e meus trabalhos têm me agradado bem mais. É nisso que penso quando fico com peninha de usar e dá certo.

Bjssss

Angélica Cirne disse...

Papelzite é um caso sério mesmo e eu confesso que sofro dessa doença, principalmente com papéis que sei que não vou conseguir outro igual. Tenho papéis aqui que tem 04 anos e não uso de jeito nenhum.

Lu Gomes disse...

Sofro de papelzite crônica, incurável, como você mesma disse. Estou tentando mesmo usar o que eu tenho e sempre penso que se não encontrar um papel igual encontrarei um melhor...é uma forma de me enganar para driblar os sintomas da doença.

Bjs

Erika Smulkowski disse...

Oi!
Hoje descobri o nome do meu problema " papelzite".
Eu tbm sou assim, tenho dó de usar papéis lindos e maravilhosos, ou seja, praticamente todos.
Gostei muito do seu blog e da loja tbm.
Bjus!!!!