Artesanato como fonte de renda, será?

Tenho recebido muitos e-mails de pessoas que querem começar a vender produtos feitos a mão e as dúvidas vão desde como atingir um cliente até o valor que será cobrado. Vou contar um pouquinho sobre a minha experiência e entendam que a maneira como penso não é uma regra, não está em manual mas na maneira como sinto as transações de compra e venda. Não aprendi as coisas que estarei dividindo aqui nem mesmo na faculdade de administração de empresas que cursei. Estarei falando da maneira como vivi tudo isso de forma bem descontraída para não ficar chato também né? kkkk

De repente a gente tropeça na arte...
Cada pessoa entra nesse mundo do artesanato por algum motivo. Algumas possuem verdadeiramente o dom da coisa, outras entram para ter um hobby, para se distrair, para se redescobrir, para simplesmente cuidar pessoalmente dos eventos promovidos junto a família, amigos ou colegas de trabalho. Independente do motivo que foi inserido (a), algumas pessoas vão se dedicando cada vez mais tempo ao mundo artesanal ao ponto de começarem a pensar em usar o artesanato como fonte de renda, mas como começar? Como atingir um número razoável de clientes? Quanto investir? Quanto irá ganhar? São tantas as questões que mesmo as mentes sãs ficam completamente perdidas. Vou tentar responder a todas as questões levantadas e caso tenha dúvidas deixe uma mensagem que estarei fazendo todo o possível para ajudar!

Começando a sonhar...
O artesanato começa a virar um sonho de negócio na mesma medida em que a pessoa vai se aperfeiçoando na técnica. No começo é complicado imaginar aquelas fofurices que ainda estão em fase de aprimoramento como fonte de renda até porque na grande maioria das vezes quando somos apresentados ao mundo colorido não sabemos ainda sequer as possibilidades que determinada arte nos dá. Normalmente no início as coisas vão saindo acidentalmente, diferente de quem já está fera no assunto que simplesmente idealiza mentalmente o que quer e depois materializa. No começo é tudo muito improvisado e a falta de técnica nos limita um pouco a pensar como negócio. A coisa toda começa a virar uma tentação de negócio depois de um presente ali, outro aqui, uma indicação de trabalho, um elogio e tantas outras formas de reconhecimento. Se você está nesta fase puxe a cadeira, um caderninho, uma caneta e vamos começar a discutir a relação!

Óh dúvida cruel, não sei se caso ou se compro uma papelada...
Se a frase acima se encaixa nos seus pensamentos mais íntimos prepare-se pois você é uma séria candidata a ter uma fonte de renda alternativa. A dica é literalmente fazer um levantamento de tudo que é necessário para que você possa decidir se essa coisa de produzir e vender é realmente a sua praia. Vou deixar uma questão você pensar até a próxima postagem:

Você já domina algum tipo de arte?
Por hoje é só! Beijos da Carol

9 comentários:

Myrian disse...

Carol adorei seu texto!!!!!!!
e já te respondendo eu não tenho certeza se domino, pois me interesso em vários ramos da arte, por exemplo pintura de caixas, decoupagem, costuras, bordados, scrap artesanal, digital agora estou amando um híbrido, amo culinária, nossa tudo que envolve produzir com minhas próprias mãos eu sou apaixonada!!!!!
Mas ao mesmo tempo quero começar a pensar a ganhar dindim com tudo isso, e agora o que faço?????
bjs

Sorelinha Arte em Papel disse...

kkkkk Normal Myrian!!! Agora vou estar falando aos poucos sobre cada etapa do processo que uma pessoa passa para poder ganhar um $ com aquilo que ama! Só acompanhar! bjuss

Manunamoral disse...

hahauhauahuah

Carolzinha me identifiquei total...

Tô aqui anciosa pra saber o resto.

Vc me inspira sempre.

Sumemooooo.

Bjotas sonoras.

Marília Lopes disse...

Carol, como eu ja casei...compro a papelada!!!!hahahahahaha
Bom, vamos la!!!!
Eu faço artesanato desde sempre!!!hahahahahha
Aos 10 anos, pintava panos de prato e minha mae vendia.
Ja vendi ponto cruz, bijouteria, velas, chocolates, sabonetes, ja pintei moveis, paredes e aquelas bonecas de colocar na janela...namoradeiras.Sempre vendi tudoooo que fiz!!!!Sabe aquela pessoa que sempre chega atrasado nas festas, pq passa o dia decorando todas as festas da familia????Sou eu!!!!Convites de aniversarios, lembrancinhas...hahahahahahahaa
Ate o projeto da minha casa eu que fiz...meus moveis eu que desenho...enfim, executar nao e tao dificil pra mim.
Agora no mundo do scrap...sou nova, voce sabe!!!!
Nao tenho muita tecnica, nunca fiz um curso de scrap.O pouco que sei, aprendi na net, no seu blog e em foruns...crops on line.
Mas nao sei mesmo como calcular o preço das coisas, pq e tudo caro e trabalhoso.
E esse post vai ser o maximo, pq quando me encomendam alguma coisa de scrap, nao sei como cobrar.
E falta um pouco de paciencia tambem!!!rsrsrsrs
Essa semana recebi um email de uma pessoa me pedindo preço de minis...passei.Ai ela vem me perguntar, se eu vendia so a capa de um caderno.Agora me explica, como eu vendo so a capa de um caderno?????
Por essa e outras...de novoooo...heeeeeeeeeeeeeeeeeeelp!!!!!hahahahahahhaha
Estou ansiosa para saber o resto!!!
Beijoooo

Cris disse...

Oi Carol, sei que ando sumida, mas vou voltar...rsrrss Seu trabalho esta cada dia msi lindo, parabens.

Fafá Soares disse...

Carol, adorei o tema da conversa vou acompanhar, apesar de ser concursada adoraria ganhar uma grana fazendo o que amo!!!Scrapbook, tenho + experiência no digital. Estou com saudades de todas do DSM, você, Joice, Tatá, Luzia, beijos e boa sorte a todas.

Camila disse...

Claro que isso é possível. Conheço um amigo que ganha dinheiro com um Blog de Web Design imagina fazendo artesanato. Adorei suas dicas.
Bjs

Cláudia Farias disse...

Carol adorei este post!!!! Minha irmã tá começando e acho que vai ser muito legal ela ler esse matéria, vou indicar já!!!!
bjs

Anônimo disse...

Carol ,adorei esse texto ,parece que eu estava conversando com uma amiga a respeito das duvidas ,comecei a pintar gesso estou amando, ja pintava madeira estilo country, e fiz biscuit, agora me apaixonei por esse novo trabalho , fiz pra mim na verdade mas sempre achei que não tinha talento pro artesanato, mas tudo que eu pego pra fazer fica lindo ,e eu vejo que eu tenho talento sim rsoss pelo menos eu amos e fico encantada com o que eu faço.........mas eu não sei vender .....algo pra mim não sei se da pra entender .......gostaria de saber o restante da sua historia ...quero ter uma renda extra ...e estou ansiosa pra saber como vc conseguiu essa vitoria bjos e aguardo pra saber mais sobre o seu sucesso.bjos Sheila! sao bernardo do campo
imaill sheilagz@ig.com.br